briga

A Briga na Hora de Dormir – Crianças a partir dos 18 meses

Já falamos aqui sobre o terrible two, uma fase difícil, onde a criança quer ser o centro das atenções, quer mandar em tudo, mas e quando acontece também uma briga na hora de dormir?

Veja se isso soa familiar: você costumava colocar seu filho na cama, dar um beijo, conseguia sair ou mesmo se ficava dentro do quarto ele dormia em 10 ou 20 minutos e de repente isso se transformou em uma loucura. A criança chora, se agita, pede água, pede pelo pai, pelo cachorro, para trocar a fralda ou ir ao banheiro, e claramente está com sono.

Se esfrega, chora sem motivo ou fica elétrica (o que também é um sinal que já passou do ponto para dormir).

Isso acontece com muita frequência, especialmente dos 18 meses até os 3 anos, fase em que a criança passa por esse período mais complicado quando falamos do comportamento.

Então o que fazer?

Tenha um momento de qualidade com a criança: reserve antes do ritual de sono, 30 para ficar com seu filho. Dentro desse tempo, esqueça celular, TV, afazeres da casa. Inclua uma atividade gostosa, uma brincadeira calma, dê toda a atenção possível.

Faça um ritual de sono repetido: não negocie o ritual de sono. Se você costuma dar o banho, contar uma história com a criança deitada e chegou a hora de dormir, mantenha seu ritual. Ele não pode perceber que esse comportamento vai adiar a hora de dormir e ele, por exemplo, conseguirá ir para a sala brincar mais um pouco.

Veja se o sono do dia está adequado: a maioria das crianças nessa fase fazem de 90 a 120 minutos de sono, com uma soneca apenas no dia. Não deixe que seu filho durma demais durante o dia, mesmo que isso seja bom porque você consegue fazer uma série de coisas com mais tranquilidade. Dormir demais durante o dia pode aumentar muito a resistência da criança para entrar no sono de noite.

Deixe que ele faça escolhas no ritual: deixar 2 livros para que ele escolha a história ou 2 pijamas para ele escolher qual vai vestir pode deixar a hora de dormir mais agradável e diminuir a briga para entrar no sono.

Pense na possibilidade de fazer a transição do berço para cama, especialmente se seu filho já passou dos 2 aninhos: muitas crianças não querem mais se sentir presas no berço e o sono fica mais fácil quando eles entendem que, se precisar, será fácil sair da cama ou mesmo do quarto.

Geralmente esta briga acontece por alguns motivos:

  • falta de rotina
  • falta do ritual de sono
  • medo de ficar sozinho (aqui é importante avaliar se esse medo é real ou se a criança quer apenas a presença dos pais)
  • a criança quer chamar a atenção dos pais
  • a criança está agitada demais para adormecer
  • a criança dormiu demais durante o dia

Pense no dia do seu filho e avalie os motivos dessa briga para adormecer. Muitas vezes pequenas mudanças promovem excelentes resultados e a hora de dormir se torna um momento muito bom para os pais e para a criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *